Plano de Fidelidade Cristão?

Plano de Fidelidade Cristão?

Quanto gastará com passagens uma pessoa que utiliza a ponte aérea Rio-São Paulo por 20, 25 ou 30 anos, sempre na mesma companhia aérea? Foi respondendo perguntas como esta que surgiram os primeiros programas de fidelidade, na década de 80, como uma maneira de recompensar o cliente por preferir determinada empresa de aviação.

Embora o cristão não seja tratado como “cliente”, a Bíblia nos apresenta um verdadeiro programa de fidelização, a partir da Grande Comissão deixada pelo Senhor Jesus. Nosso nicho de mercado é o mundo: “Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda a criatura” – Marcos 16:15. Mas, além de pregar o evangelho precisamos “fidelizá-los”, ou seja, transformá- los em discípulos fiéis: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações [...] ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado” – Mateus 28:19,20.

Quais os benefícios de se tornar um discípulo fiel do Senhor Jesus?

Diferentemente dos benefícios materiais alcançados pelos programas de fidelidade comerciais, ao guardar e obedecer todas as coisas que o Mestre ordenou, o cristão fiel alcança a verdadeira felicidade, a vida de contentamento e de equilíbrio, a alegria que o mundo não pode tirar – tão bem descritas por Jesus no majestoso sermão do monte: “Bem-aventurados os humildes de espírito, os que choram, os mansos...” – Mateus 5:1-12. É a medida de “varão perfeito”, preconizada pelo apóstolo Paulo em Efésios 4:13, quando o discípulo passa a refletir o caráter do Mestre – ele alcança a “medida da estatura da plenitude de Cristo”.

O mundo também se beneficia deste programa de fidelização. Com efeito, qual seria o resultado prático de uma sociedade onde as pessoas vivessem efetivamente aquilo que Paulo chama de “o fruto do Espírito” – Gálatas 5:22? Será que precisaríamos de leis, onde as pessoas experimentassem frutificar o amor, a alegria, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade, a mansidão, o domínio próprio? O apóstolo é enfático: “contra estas coisas não há lei” – Gálatas 5:23.

Utopia? A Bíblia declara que não. Se nos tornarmos discípulos fiéis do Senhor Jesus, podemos mudar a nossa comunidade:

  • “Nunca mais se ouvirá de violência na tua terra, de desolação ou ruínas, nos teus limites; mas aos teus muros chamarás Salvação, e às tuas portas, Louvor” – Isaías 60:18.
  • “As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão” – Zacarias 8:5.
  • “Pois a terra se encherá do conhecimento da glória do SENHOR, como as águas cobrem o mar” – Habacuque 2:14.

Para que isto aconteça, nós como fiéis discípulos do Mestre precisamos multiplicar este programa, conforme as palavras de Paulo em 2 Timóteo 2:2: “E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros”.

Discípulo de Jesus, vale a pena ser fiel! Além dos benefícios que recebemos em vida, o próprio Senhor Jesus declara – no mesmo Sermão do Monte – que existe uma recompensa para o discípulo fiel: “Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus” – Mateus 5:12. E quando Pedro interpela, em Mateus 19:27 – “Eis que nós deixamos tudo, e te seguimos; que recompensa, pois, teremos nós?” – a resposta do Mestre não se fez tardar: “E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe [ou mulher], ou filhos, ou campos, por causa do meu nome, receberá muitas vezes mais e herdará a vida eterna” – Mateus 19:29.

Será que existe programa de fidelização melhor do que este?


PUBLICADA EM: 03/07/2017 17:12:30 | VOLTAR PARA Artigos e textos | OUTRAS PUBLICAÇÕES
FONTE: Pr. Joaquim Salum


Profissionais da igreja
Tudo o que você precisa:

Nossos contatos
Vamos conversar?

  • 31 - 3245-9009
  • 31 -
  • secretaria@imcbh.com.br
  • secretaria@imcbh.com.br
  • Fale conosco

Redes sociais
Curta nossas redes

Liderança e equipe
Conheça nossa equipe