O homem (a mulher) que deus usa

No século XIX, um jovem bronco e rude, filho de um homem do campo, ouviu as seguintes palavras da boca de um pregador: “O mundo está para ver o que Deus pode fazer com um homem que se disponha a estar totalmente consagrado nas mãos de Deus”. D. L. Moody respondeu: “Eu serei este homem.”

Quem é este que aparece de repente nas páginas da Bíblia?

Quem é este homem que sobe apressado as escadarias do palácio real, passa pelos guardas assustados e vai – com autoridade de profeta – confrontar o rei Acabe com as palavras do verso 1 – “Tão certo como vive o Senhor...”
Quem é este profeta – também chamado de profeta do fogo – que, com a mesma rapidez com que chegou, sai e vai embora e se esconde no deserto por certo espaço de tempo?

Apresento-lhes o profeta Elias, nascido do outro lado do Jordão, na província de Gileade, e designado por Deus para esta missão explosiva diante do rei Acabe. 
O contexto em que vivia? 1 Rs 16:30-33

De onde vinha tamanha convicção e autoridade?

1. Elias tinha convicção da realidade de Deus

“Tão certo como Deus vive” – esta declaração traduz a firme convicção de alguém que conhece o seu Deus, é capaz de confrontar poderes e autoridades corruptas, não teme o que o inimigo pode fazer contra ele, pois, um com Deus é maioria.

“Tão certo como vive o Senhor” – não era apenas uma declaração de fé do profeta Elias, não era apenas uma crença como muitos fazem –era o estilo de vida de um homem que sabe que, se Deus é Deus e se Deus existe, então eu posso caminhar na luz e no poder deste Deus majestoso – com todas as implicações que isto traz à minha vida:

Deus é santo – Eu creio que Ele vive – viver uma vida santa;
Deus é forte – Eu creio que Ele vive - “faz forte ao cansado”
Deus é amor – viverei uma vida de amor e compaixão...
Deus é justo – posso confrontar as pessoas que ainda não estão debaixo do Seu senhorio, com justiça e autoridade...
Deus é o Todo-Poderoso – eu creio em milagres, vou viver uma vida de milagres!

“Tão certo como vive o Senhor” – era tão central na vida do profeta que o encontramos mais uma vez, em 1 Rs 18: Hb 11:6 -“Creia que Deus existe e é galardoador dos que o buscam”

2. Elias tinha a convicção que era o representante de Deus

“Perante cuja face estou” – “Diante de quem estou” – “Diante de quem eu me prostro”.
Você precisa saber diante de quem você está! Elias sabia e repetia: “Tão certo como vive o Senhor, perante cuja face eu estou”.

O que significa então, “tão certo como vive o Senhor, diante de cuja face estou”?
Significa que, pelo sangue do Cordeiro, o véu do santuário rasgou-se de alto a baixo, e eu tenho livre acesso ao Santo dos Santos, ao lugar da habitação de Deus.

Significa vida de relacionamento, comunhão e intimidade plena com o Criador dos Céus e da terra. Quem é servo do Senhor precisa ter a sensibilidade tão aguçada quanto a descrita no Salmo 123:2:
Assim como Elias, em todo este capítulo 17:

Confrontando Acabe e Jezabel;
Indo para o oriente;
Escondendo-se junto ao ribeiro de Querite;
Comendo pão e carne, trazidos pelos corvos;
Levantando-se e indo para Sarepta, de Sidom;
Sendo sustentado por uma viúva.

3. Elias tinha a certeza de que o poder de Deus estava com ele

“Não haverá orvalho, nem chuva, a não ser pela minha palavra”.

Antes de você sair por aí, ligando e desligando, fazendo e acontecendo, leia o texto completo: “Tão certo como vive o Senhor, perante cuja face estou...”

É somente nesta condição – cujo espelho fiel vamos encontrar em João 15:7: “Se vós...” 

A determinação de Elias: “orar com instância...” Tg 5:17,18.


PUBLICADA EM: 22/09/2014 13:23:04 | VOLTAR PARA Mensagens | OUTRAS PUBLICAÇÕES
FONTE: Pr. Joaquim Salum - 1 Reis 17


Profissionais da igreja
Tudo o que você precisa:

Nossos contatos
Vamos conversar?

  • 31 - 3245-9009
  • 31 -
  • secretaria@imcbh.com.br
  • secretaria@imcbh.com.br
  • Fale conosco

Redes sociais
Curta nossas redes

Liderança e equipe
Conheça nossa equipe