O Reino de Deus

Jesus afirma, com efeito, que o Reino de seu Pai não é uma subdivisão para os justos nem para os que sentem possuir o segredo de Estado da salvação. O Reino não é um condomínio fechado elegante com regras esnobes a respeito de quem pode viver ali dentro. Não; ele é para um elenco mais numeroso de pessoas, mais rústico e menos exigente, que compreendem que são pecadores porque já experimentaram o efeito nauseante da luta moral.

São esses os pecadores-convidados chamados por Jesus para se aproximarem com ele ao redor da mesa de banquete. Essa história permanece perturbadora para aqueles que não compreendem que homens e mulheres que são verdadeiramente preenchidos com a luz são aqueles que fitaram profundamente as trevas da sua existência imperfeita. Talvez tenha sido depois de meditar sobre essa passagem que Morton Kelsey escreveu: “A Igreja não é um museu para santos, mas um hospital para pecadores”.

A Boa Nova significa que podemos parar de mentir a nós mesmos. O doce som da graça admirável nos salva da necessidade do auto-engano. Ele nos impede de negar que, embora Cristo tenha sido vitorioso, a batalha contra lascívia, a cobiça e o orgulho ainda escoa dentro de nós. Na condição de pecador redimido, posso reconhecer com qual freqüência sou insensível, irritável, exasperado e rancoroso com os que me são mais próximos. Quando vou à igreja, posso deixar meu chapéu branco em casa e admitir que falhei. Deus não apenas me ama como eu sou, mas também me conhece como sou. Por causa disso não preciso aplicar maquiagem espiritual para fazer-me aceitável diante dele. Posso reconhecer a posse de minha miséria, impotência e carência.


PUBLICADA EM: 24/02/2014 11:23:21 | VOLTAR PARA Reflexão | OUTRAS PUBLICAÇÕES
FONTE: Brennan Manning - Extraído do livro: O Evangelho Maltrapilho


Comentários

Gostou do artigo? Participe, deixe sua opinião e comentários abaixo.

Profissionais da igreja
Tudo o que você precisa:

Nossos contatos
Vamos conversar?

  • 31 - 3245-9009
  • 31 -
  • secretaria@imcbh.com.br
  • secretaria@imcbh.com.br
  • Fale conosco

Redes sociais
Curta nossas redes

Liderança e equipe
Conheça nossa equipe