A vitória da fé

Textos: 2 Crônicas 32:7-9,13-20; 1Jo. 5:4 e Hebreus 11:1

A fé é a marca do cristão. A fé significa uma total dependência de Deus. Quando Adão pecou ele saiu da dependência de Deus e entrou numa “in-dependência” (que significa incredulidade.). Esta é a razão pela qual Deus colocou uma prioridade tão alta assim na fé. A fé nos libera da nossa capacidade limitada. Pela fé você passa da “in-capacidade” para a “capacidade de Deus”. Este é o caminhar da fé para a qual todos nós fomos chamados - onde - “nada é impossível” Mt.17:20 (fé do tamanho do grão de mostarda). Fé é a ação de obediência em respota ao que Deus falou Abandonamos a dependência de nossas fontes limitadas de conhecimento e começamos a receber de Suas fontes ilimitadas. As coisas de Deus nunca seguem a lógica humana. Conhecimento na Bíblia não procede de nenhuma busca puramente intelectual, mas da experiência de uma PRESENÇA.

 1. FATOS NARRADOS PELO VELHO E NOVO TESTAMENTO Como podemos explicar?O fato de Sara dar a luz um filho aos 90 anos de idade (Gn. 21:1-5); / O mar vermelho abrir-se, permitindo a passagem do povo judeu (Ex. 14:15-23); / A queda dos muros de Jericó (Js. 6:20-21) / O caso de Elias e a viúva; / Jonas ser engolido por um peixe e ser devolvido na praia; / Pedro andar por sobre as águas (Mt.14:22-23); / Um morto de 4 dias sair da sepultura pelo chamado de Jesus; / Um paralítico ser curado pela simples invocação do nome de Jesus (At.3:1-10); / As pessoas falando em outras línguas (At.2:5-11); / E muitos e muitos outros casos.

 2. A FÉ PROVADA Passamos por períodos de provas e testes. Tudo o que acontece ao nosso redor parece ser contrário ao que Deus disse e aparentemente, não há nenhuma evidência para a nossa crença. Neste ponto, a nossa fé baseia-se completamente na Palavra de Deus. Uma história datada de 701 A.C. diz que Senaqueribe, o mais poderoso rei da época, após destruir várias nações e cidades fortificadas, inclusive cidades de Judá, chegou às portas de Jerusalém e a sitiou e enviou uma mensagem ao rei Ezequias dizendo do seu intento de conquistar a cidade e pedindo sua rendição (2o Cr.32:13-20). Em 2o Rs.18:14-16 vemos que o povo já pagava tributo ao inimigo e que ele, não satisfeito queria levar o povo cativo).O representante do rei da Assíria diz que vem em nome do Senhor (muitas vezes achamos que a nossa provação vem do Senhor). Ezequias busca orientação de Deus. (Is.37:14-20). Humilhou-se e foi à Casa do Senhor. Falou com o profeta sobre a ameaça recebida e faz uma pergunta; “porventura o Senhor, teu Deus, terá tomado conhecimento da disposição do inimigo?”. Pediu que o profeta orasse com ele, clamando ao Senhor.

3. A VITÓRIA DA FÉ - Ler 2 Crônicas 37:7,8 Agora vamos ver a mesma história, porém narrada pelo rei Senaqueribe. Os arqueólogos, escavando descobriram ruínas da cidade de Nínive e nela, a biblioteca dos reis da Assíria. Pode-se ler, nessa biblioteca, a sua narrativa do cerco a Jerusalém. Então vejamos.“quando sitiamos a cidade de Jerusalém, já não havia mais esperança para resistir. Eles deveriam deixar a cidade cair. Mas, naquela noite, surgiram ratos e mais ratos que saiam de dentro da terra. Os ratos comiam os sapatos dos soldados, as bainhas das espadas e depois, mordiam os soldados. No lugar das mordidas nascia um furúnculo que dava uma febre altíssima e eles morriam. Em uma só noite morreram 185 mil homens.”. Senaqueribe termina seu relato, dizendo: “eu não pude conquistar Jerusalém e voltei com os poucos soldados que me restaram”. Hoje nós sabemos que aqueles soldados foram acometidos de peste bubônica. Esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. Aleluia!. Deus não mudou. Ontem, hoje e para sempre será o mesmo.

4. CONCLUSÃO O inimigo vai tentar nos desanimar, vai soprar no seu ouvido de que Deus não tem preocupação com você. Quando os problemas se avolumam; quando tudo parece perdido; quando a esperança se debilita, então oramos. Mas nossa oração deve ser igual à oração de Ezequias em 2o Rs.19:14-19. Nós temos que abrir e expor, diante de Deus o nosso problema. Quando oramos com sinceridade e reconhecemos nossa incapacidade para resolver o problema Deus pode fazer duas coisas conosco: ou soluciona tudo pelo seu Soberano poder ou nos mostra como resolver a dificuldade e ainda nos concede forças para enfrentar a situação. Com fé lançamo-nos sobre a SUA FIDELIDADE. Em nossas ocasiões de dúvidas e lutas, Deus é fiel e não nos abandona. “SE CREMOS, ELE PERMANECE FIEL. ELE NÃO PODE NEGAR-SE A SI MESMO”. 2Tm.2:13 Qual é o tamanho do seu problema? Hoje é o dia que o Senhor fez, ele quer que você entregue a Ele o que o está afligindo.


PUBLICADA EM: 27/05/2014 15:10:38 | VOLTAR PARA Mensagens | OUTRAS PUBLICAÇÕES
FONTE: Pr. Henrique Pinto


Profissionais da igreja
Tudo o que você precisa:

Nossos contatos
Vamos conversar?

  • 31 - 3245-9009
  • 31 -
  • secretaria@imcbh.com.br
  • secretaria@imcbh.com.br
  • Fale conosco

Redes sociais
Curta nossas redes

Liderança e equipe
Conheça nossa equipe